EMPREGOS

Video

CUITEGI

FOTOS

 Como o nome do possível candidato que irá disputar a sucessão municipal de João Pessoa pelo PV e aliados ficou para ser anunciado após o carnaval, o partido já se fortalece e reforça seu time com a filiação das secretárias municipais (foto) de Planejamento, Daniela Bandeira, e de Habitação, Socorro Gadelha. Elas são tidas também como preferências do PV para sucessão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo.
Depois de decidir pela candidatura própria na capital paraibana, definida em encontro realizado em janeiro deste ano, o Partido Verde (PV) anunciou, nesta sexta-feira (14), a filiação de 200 nomes, reforçando ainda mais a presença em João Pessoa.
As filiações fazem parte do planejamento do partido para as eleições deste ano e será tema de encontro da sigla previsto para ocorrer depois do período de Carnaval.
O partido também informou que dará sequência ao diálogo com as siglas que integram a base de apoio em João Pessoa. Presidente estadual do PV, o prefeito Luciano Cartaxo disse que o reforço dos novos filiados é mais um importante passo para o processo eleitoral que se aproxima.
“Os novos integrantes do PV estão alinhados com o modelo de gestão implementado na Capital, participando de forma direta dos resultados alcançados. Daniela e Socorro têm vasta experiência, cumprindo papéis decisivos em todas as esferas da administração pública”, afirmou.
O gestor também disse que o partido vai seguir o processo de discussão interna para a escolha do nome a disputar as eleições deste ano, cumprindo com uma decisão que acompanha a executiva nacional, que considera a capital paraibana como prioridade no país.
“Mais do que um nome, vamos apresentar um caminho para João Pessoa seguir avançando. Nos últimos oito anos, a cidade tornou-se uma referência em gestão pública, reconhecida dentro e fora do Brasil, com um novo conjunto de praças e parques, ampliação da educação infantil e do ensino em tempo integral, o maior programa de habitação da história e a criação de uma nova rede de urgência e emergência. A hora é de seguir em frente”, apontou.

Paraíba Já

3
0 Comentários

Postar um comentário