EMPREGOS

Video

CUITEGI

FOTOS



Vários relatos nas redes sociais têm afirmado que os casos de coronavírus confirmados nos últimos dois dias em Guarabira são de funcionários da indústria da Guaraves.
De acordo com uma das mensagens que circula nas redes, alguns trabalhadores foram fazer o teste na UPA-GBA, apresentando diagnostico positivo para COVID-19. Os mesmos receberam atestado para permanecerem um período em casa, porém voltaram aos postos de trabalho.
No setor de corte, como é chamado uma ala da indústria, há cerca de 100 pessoas trabalhando no local. Segundo relato de um agente de saúde, em contato com uma colaboradora do Outra Fonte, em informação repassada de um amigo e trabalhador da empresa com diagnóstico de coronavírus, neste setor havia pessoas com sintomas, febre alta e exercendo suas atividades.
A Guaraves, de acordo com um dos relatos em mensagem, liberava o funcionário por 4 dias, e após o vencimento do prazo, mesmo com o sintoma, o empregado voltava ao trabalho. Ainda de acordo com a mensagem, o médico da Guaraves, por medo, se afastou da empresa, e as consultas eram feitas por videochamada.
Veja, abaixo, algumas das mensagens que circulam na internet, com os relatos da população.










Até o momento, nenhum órgão da Prefeitura Municipal da cidade se manifestou sobre as informações que circulam nas redes sociais. Desde ontem, quando houve a confirmação dos 10 novos casos, o silêncio tem sido regra tanto do prefeito interino Marcus Diogo quanto da secretaria de Saúde.

3
0 Comentários

Postar um comentário