EMPREGOS

Video

CUITEGI

FOTOS


A promotora de Justiça, Adriana de França Campos, determinou a instauração de Procedimento Preparatório nº 001.2022.002185 para apurar possível superfaturamento em compra realizada pelo município de Lagoa de Dentro, localizado a 75 quilômetros de João Pessoa.

A medida foi publicada na edição dessa quinta-feira (16), do Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público.

O documento não traz mais detalhes sobre as supostas irregularidades e nem os eventuais prejuízos aos cofres públicos do município.

A reportagem disponibiliza o espaço para que algum representante da gestão municipal do prefeito Zezinho da Rapadura se pronuncie a respeito dos fatos.


3
0 Comentários

Postar um comentário